A Pessoa

Imagem

 

Conhecer, aquilo que não se conhece, ver as pequenas e profundas janelas da alma, talvez uma educação e atenção que não se encontra suavidade nas palavras, interesse, e quanto ao sorriso? Quase indiscutível, pois se perde em meio à risada feliz e espontânea.

Tudo tem graça, tudo é tão simples e tão complexo. Movimentos perfeitos precisos como a matemática, mas são derrubados pelos cabelos que possuem movimento que trazem a imperfeição mais perfeita do mundo.

Tuas mãos marcam meus olhos, como traços do grafite no papel. O jeito de andar, sentar é suave como se não houvesse chão, como se só houvesse você, e o que tem em sua volta já não é. Seu jeitinho todo arrumadinho de me irritar, tuas roupas bem arrumadas e as cores combinando mostra a perfeição que você quer passar.

O irritar, não sei como você é irritado, só o sereno. Tudo, sempre tratou com serenidade. Teus sonhos nunca deixou de realizar, nunca deixou obstáculos a sua frente, e eu aqui tão longe de ti e com a incerteza do teu regresso.

Anúncios

3 pensamentos sobre “A Pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s