Racismo, algo a combater.

Imagem

A historia da economia brasileira, assim como a de muitos outros países da America, começou de maneira errônea. Não começou com trabalho árduo de todos, começou com a discriminação de pessoas que viviam na África. Até mesmo a Igreja Católica pregava que homens e mulheres negros não tinham alma, eram apenas mercadorias.

Hoje, mais de cem anos passados, negros ainda sofrem preconceito no trabalho, na escola e nas ruas. Dizer que uma pessoa é negra parece dizer que elas são inferiores, mas a ciência comprova que não há diferença alguma entre negros e brancos.

O racismo e o preconceito é algo alimentado por estúpidos, cada pessoa seja qual for sua origem deve ser tratada com os mesmos direito. Ninguém tem o poder de diminuir ou depreciar alguém, o preconceito no Brasil e no mundo é algo grave e não deve ser, de forma alguma, ignorado.

Cabe a nós de forma individual e coletiva enfrentar essa situação, educar filhos e conscientizar os preconceituosos de que não importa a origem ou formação, ninguém é superior e, sim, igual e, quanto ao governo, não deve parar com medidas para mudar isso, como as cotas nas faculdades. Não se pode ignorar esse problema.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s