Ignoto

Imagem

Por um caminho tortuoso, cheio de pedregulhos, extremamente escuro e sem fim, eu caminho e continuo a caminhar.

Uma floresta sem arvores, sem animais é a paisagem que eu não vejo, mas sei que está lá. São lágrimas que regam o chão, por ser tão salobro nada pode crescer. Quando pedrinhas são regadas pelas lagrimas ela brilham e de forma tão efêmera, breve que quase não se vê.

Qualquer um que entrar neste caminho tenha certeza de que esfacelará. Tudo aqui irá apagar o brilho. Fuja destes caminhos corra para longe. Quem aqui caminha sofre, perece, tudo é melancólico e não for é oprimido.

Se já chegou, meu aviso tarde veio. Então só lhe resta caminhar para fora do torvo. A caminhada será tortura, o sol não se verá, ande depressa. Não espere a saída, ela não virá, procure-a e irá obter.

 

(Escrevi esse texto em forma de metáfora para mostrar o que é alguém que se nega a buscar conhecimento)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s