Bem me quer, mal me quer

Imagem

Uma flor… uma florzinha, mas com muitas pétalas. Ah sim, essa deve servir. Eu simplesmente não acredito nessa brincadeira de criança, “bem me quer, mal me quer”, deve ser só mais uma coisa que inventaram pra gente rir e fazer piada, porque no final se contarmos a pétalas, e pensarmos bem daria pra descobrir o resultado antes mesmo de terminar de arranca-las.  

Mas pensando bem talvez, esteja ai a beleza dessa brincadeira.  Talvez seja necessário não pensar pra tirar uma a uma as pétalas, só pra descobrir se é bem ou mal, se é gostar ou não, se é amar ou não. Talvez seja realmente pra ser inocente… Talvez, ou invés de coloca-la no vaso eu brinque.

Talvez eu me lembre de como é brincar, e como era bom pensar que uma flor poderia definir um sentimento, talvez eu comece a acreditar que essa flor é diferente porque tem muitas pétalas, tão difíceis de contar, como uma criancinha pensaria…

Talvez eu acredite, talvez eu tenha medo de contar as pétalas, talvez eu acredite de novo como uma criança acredita… Talvez.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s