Soneto?

Novas formas de repressão

A arte de uma revolução

Revoltas em um coração

Guerra de uma nação

Pressão de algo que se espera realizar

Algo que não se pode formar

Coisas que eu não posso amar

Dedicação que não posso demonstrar

Desejos que não posso agradar

Sorrisos que não posso esboçar

Vidas que cansei de transformar

Eu vivi na arte da repressão

Vou dos sentimentos retirar a escuridão

E no mundo desejar o meu perdão

Imagem

Anúncios