Fogo – Capital Inicial

(Uuuu…)
Você é tão acostumada
A sempre ter razão
(Huuum…)
Você é tão articulada
Quando fala não pede atenção

O poder de dominar é tentador
Eu já não sinto nada
Sou todo torpor

É tão certo quanto calor do fogo
É tão certo quanto calor do fogo
Eu já não tenho escolha
E participo do seu jogo, participo

Não consigo dizer se é bom ou mau
Assim como o ar me parece vital
Onde quer que eu vá o que quer que eu faça
Sem você não tem graça

(Uuu…)
Você sempre surpreende
E eu tento entender
(Huum…)
Você nunca se arrepende
Você gosta e sente até prazer

Mas se você me perguntar
Eu digo sim, eu continuo
Porque a chuva não cai
Só sobre mim

Vejo os outros,
Todos estão tentando
E é tão certo quanto calor do fogo
Eu já não tenho escolha
E participo do seu jogo, participo

Não consigo dizer se é bom ou mau
Assim como o ar me parece vital
Onde quer que eu vá e o que quer que eu faça
Sem você não tem graça

É tão certo quanto calor do fogo
É tão certo quanto calor do fogo

Eu já não tenho escolha
Eu participo do seu jogo

É tão certo quanto calor do fogo
É tão certo quanto calor do fogo

Eu já não tenho escolha
Eu participo do seu jogo, do seu jogo.

Em meio a Minha Chuva

 

Era de manhã,

Em seu lugar no travesseiro,

Era uma carta que o ocupava.

“não posso mais ficar,

Tentei aprender a te amar.”

Ora ninguém aprende,

Ou ama, ou não ama.

Na terra não havia pegadas.

Nos campos não havia rastros.

O dia estava horrível,

Tanto dentro como fora de mim.

O refugio era o guarda-chuva vermelho,

Antes nosso. A partir daquela manha, meu.

Parecia a melhor alternativa

Naquele dia frio.

Primeiro pingo de chuva

Minha raiva aumentara,

Apagaria teus rastros…

Décimo pingo de chuva

Meu conforto chegara.

Em meio a relâmpagos

Em meio aos campos de lavanda,

Encontrar-te já não era mais preciso

Sem guarda-chuva

A água lavara minha angustia.

Em meio a milhares de pingos de chuva

Dancei

Te encontrar já não era importante

Eu tinha a chuva,

Tinha a minha vida

E a lavei do seu “amor”.Imagem