Thank You – Dido

Obrigado
Meu chá esfriou me pergunto “por que
Eu levantei mesmo da cama?”
As nuvens de chuva em minha janela
E não consigo ver nada.
Mesmo que pudesse, tudo estaria cinza
Mas seu retrato na parede
Me faz lembrar que não é tão ruim
Não é tão ruim

Bebi demais ontem à noite, tenho contas a pagar
Minha cabeça dói tanto
Perdi o ônibus e o dia será um inferno
Estou atrasada pro trabalho de novo
E ainda que estivesse lá, todos insinuariam
Que eu não vou ficar nem mais um dia
Mas daí você me liga, e não está tão ruim assim.
Não é tão ruim.

Eu quero agradecê-lo
Por me dar o melhor dia da minha vida
Ah, simplesmente estar com você
É ter o melhor dia da minha vida

Empurro a porta, finalmente chego em casa
Estou encharcada, completamente molhada
Então você traz a toalha e tudo o que vejo é você
Mesmo se minha casa desabasse agora,
Eu não perceberia
Porque você está perto de mim.

Eu quero agradecê-lo
Por me dar o melhor dia da minha vida
Ah, simplesmente estar com você
É ter o melhor dia da minha vida

Eu quero agradecê-lo
Por me dar o melhor dia da minha vida
Ah, simplesmente estar com você
É ter o melhor dia da minha vida

Anúncios

Ao morador do apartamento 37

São quase oito da noite, acabara de chegar do trabalho, pegar a correspondência é o próximo passo. Contas, contas, contas, e uma carta dela. Sim da mulher que não teve pena de substituir amor em rancor. Teria rasgado se não fosse o pequeno pedido do lado de fora do envelope:

Não rasgue é importante.

Imagem

Tenho procurado, durante todos estes anos, um modo de falar com você. Se mandasse e-mail, por ser tão impessoal, você o excluiria. Se ligasse, não atenderia. Então lembrei que sempre me pedia para escrever uma carta, e eu preocupada comigo, mergulhada no meu egoísmo, nunca tinha parado para pensar no quanto isso era importante para você. Foi sempre você que sustentou nosso relacionamento, sempre cuidou do ‘nós’, enquanto eu só cuidava de ‘meu eu’.

Quando te deixei, dei motivos absurdos, ridículos. Um dia depois de ter ido embora do país, eu havia descoberto o porquê te deixei. Descobri que eu nunca me achei merecedora do seu carinho, amor. Tinha tanto medo de dar o próximo passo e seguir adiante com você. Assustei-me ao pensar que teria de dar mais de mim. Amar para dar certo tem que ter reciprocidade.

Nós éramos tão jovens, eu era tão maluca, e dei ouvidos às minhas dúvidas. Quando, de forma estúpida, te deixei aquela mensagem na caixa postal dizendo que ia embora, eu só pensava que tinha que cuidar da minha carreira, que não tinha tempo para mais alguém na minha vida.

A verdade é que eu fugia desesperada dos meus sentimentos.

Hoje, eu vejo que procurar minha carreira não valeu de nada. Hoje estou sozinha, morrendo quando penso que outra pode estar no lugar que um dia me pertenceu.

Com essa carta, eu não espero de maneira alguma que venha a me perdoar. Eu queria apenas pedir que não se culpe, e que se um dia se culpou, se (des)culpe. Você nunca errou, foi eu quem sempre errou, errei por nós dois.

Só quero que saiba que se nos tivéssemos conhecido em outros tempos, teria cuidado melhor das flores que me dava. Hoje eu valorizo tal presente.

Para me despedir, eu quero desejar a você toda felicidade, porque eu tenho a amargura por nós dois.

 

Enquanto lia boas e más memórias voltavam, quando terminou de ler, dobrou a carta, guardou-a no envelope, e …

Soneto 96

“De almas sinceras a união sincera
Nada há que impeça. Amor não é amor
Se quando encontra obstáculos se altera
Ou se vacila ao mínimo temor.

Amor é um marco eterno, dominante,
Que encara a tempestade com bravura;
È astro que norteia a vela errante
Cujo valor se ignora, lá na altura.

Amor não teme o tempo, muito embora
Seu alfanje não poupe a mocidade;
Amor não se transforma de hora em hora,

Antes se afirma, para a eternidade.
Se isto é falso, e que é falso alguém provou,
Eu não sou poeta, e ninguém nunca amou.”

Willian Shakespeare

Cartas

Cartas
Não olham nos olhos
Foi bem mais fácil escrever
Dentro
De cada palavra
Vai um pouquinho do meu coração
Um verso de amor
Não conhece a timidez
Nem treme na presença de quem ama
Um verso de amor
Vai tomar o meu lugar
Quem sabe ele me ajuda a confessar
Você vai ler
Que tudo em mim
Pede o fim do silêncio
Esperar
Já não é o bastante
E vai saber
Que o meu amor
É maior que tudo
E está escrito
Que é seu pra sempre
Dentro de cada palavra
Eu me desenho inteiro pra você
Cartas
Esperam resposta